EQUIPE | STAFF

EVERLANE MORAES DIRETORA Brasil | Brazil

Everlane Moraes é brasileira, especializada em direção de documentário pela Escuela Internacional de Cine y TV ( Cuba). Seus filmes transitam entre diferentes gêneros e formatos, evidenciando as questões sociais, filosóficas e espirituais da diáspora negra. Seus trabalhos propõem um híbrido entre as Artes Visuais e o Cinema. Selecionada para o Encontro entre Diretores do 34º Talents Guadalajara em parceria com o Festival de Cinema de Berlinale (2019). Convidada internacional do 4º FICCA Kunta Kinte - Festival de Cinema Comunitário Afro-Colombiano (2019). Seus trabalhos já foram exibidos em diversos festivais de cinema e arte no Brasil e no exterior, incluindo o Festival de Cinema Sundance, Festival de Cinema de Toulouse, BFI Londres, Festival de Cinema de Rotterdam, True and False Film Fest, Festival de Documentário Latino-Americano Contemporâneo, Documenta Madrid, Mostra de Direitos Humanos da América Latina, Windows in Women (EUA), One Story Up/ Topic Q & A (EUA/ Canadá), entre outros.

 

Everlane is a documentary filmmaker, graduated from the International Film and TV School (EICTV — Cuba), specializing in documentary direction. Everlane makes films that have a hybrid aesthetic, which dialogues with Visual Arts and Cinema in their different genres. In this context of experimental cinema, she works with the philosophical concepts linked to the sociocultural issues of the black diaspora in search of portraying the identities and subjectivities of her characters. Featured artist at the 66th Flaherty Seminar (2020). Selected for the Meeting between Directors at the 34th Talents Guadalajara in partnership with the Berlinale Film Festival. (2019). International Guest at the 4th FICCA Kunta Kinte - Afro Colombian Community Film Festival (2019). Her cinematographic work has been shown at several film and art festivals in Brazil and abroad, including the Sundance Film Festival, Toulouse Film Festival, BFI, London Film Festival, Rotterdam Film Festival, True and False Film Fest, Contemporary Latin American Documentary Film Festival, Documenta Madrid and the Human Rights Exhibition of Latin America, among others.

LARA SOUSA DIRETORA E PRODUTORA Kulunga Filmes | Mozambique

Lara é de Moçambique e estudou documentário na EICTV (Cuba). Seus curtas-metragens têm uma estética ensaística e autorreferencial. Os filmes de Lara foram selecionados para vários festivais, incluindo a Bienal de Dakar 2020. Ela foi selecionada para ColabNowNow - British Council Digital Arts Residence como contadora de histórias da África do Sul e recentemente selecionada para Berlinale Talent Campus e Talent Campus DocStation. Seu projeto Katalina, Kalunga, Karonga - Sea Waved Tales foi o vencedor do Digital Lab Africa na categoria Arte Digital. É produtora executiva da Kulunga Filmes. A Kulunga Filmes é uma empresa sediada em Maputo, Moçambique, que tem como principal objetivo a produção de filmes (documentários e ficção) de cineastas emergentes de países africanos de expressão portuguesa e de países da região sul de África. Lara Sousa, produtora executiva e realizadora da Kulunga Filmes foi recentemente selecionada para o programa Realness Creative Producer Indaba 2020, com o projecto Karingana - Os Mortos não contam contos, do realizador moçambicano Inadelso Cossa.

 

Lara from Mozambique, studied documentary at the EICTV (Cuba). Sousa short films have an essayistic and self-referential aesthetic. Lara’s movies have been selected for several festivals, including Dakar’s Biennale 2020. She was selected to ColabNowNow – British Council Digital Arts Residence as Southern Africa storyteller and recently selected to Berlinale Talent Campus and to Talent Campus DocStation. Her project Katalina, Kalunga, Karonga - Sea Waved Tales was the winner of Digital Lab Africa in the Digital Art Category. She is the executive producer of Kulunga Filmes. Kulunga Filmes is a company based in Maputo, Mozambique, their main objective is to produce films (documentary and fiction) by emerging filmmakers from Portuguese-speaking African countries and countries in the southern region of Africa. Lara Sousa, executive producer and director of Kulunga Filmes was recently selected for the program Realness Creative Producer Indaba 2020, with the project Karingana – The Dead tell no Tales, by the Mozambican director Inadelso Cossa.

CAIXA_DAGUA15.png

EMERSON DINDO PRODUTOR Portátil | Brasil | Brazil

Emerson Dindo, da Portátil, é produtor, diretor e pesquisador com trabalhos sobre trajetórias de vida, trânsito atlântico e narrativas interdisciplinares. Já trabalhou em mais de 30 projetos, entre os quais a série “Diversidade” (2018), que assina produção e codirecção; o curta “Carta Aberta”; e agora assina seu primeiro longa-metragem documental, “Kakawa” (Brasil / Nigéria). Para o ano de 2021 está prevista a produção da série “Retrato Íntimo”, que terá a direção dividida com o roteirista e diretor Leandro Santos Rodrigues; a produção dos documentários “O Navio e o Mar” (Brasil / Moçambique / Portugal), de Lara Sousa e Everlane Moraes e “Trilogia do Carnaval” (Angola / Brasil), de Antonio Olé. Dindo é cofundador da Produtora Portátil e da Diáspora Conecta Platform, coordenada o Diaspora Lab, programa de aceleração de projetos audiovisuais para cineastas negros no Brasil e na Diáspora e faz parte do Fórum de Co-produção África-América Latina, AFROLATAM.

Emerson Dindo from Produtora Portátil is a producer, director and researcher with works on life trajectories, Atlantic traffic and interdisciplinary narratives. He has worked on over 30 projects, including the “Diversidade” series (2018), which signs production and co-direction; the short film “Carta Aberta”; and now signs her first documentarty feature film, “Kakawa” (Brazil / Nigeria). For the year 2021 is scheduled to produce the series "Retrato Íntimo", which will share the direction with the writer and director Leandro Santos Rodrigues; the production of the documentaries “The Ship and the Sea” (Brazil / Mozambique / Portugal), by Lara Sousa and Everlane Moraes and “Trilogia do Carnaval” (Angola / Brazil), by Antonio Olé. Emerson is co-founder of the Produtora Portátil and the Diaspora Conecta Platform, and is the general coordinator of Diaspora Lab, a acceleration program for audiovisual projects for black filmmakers in Brazil and Diaspora, which is part of the Africa-Latin America Co Production Forum, AFROLATAM.

ELSA SERTÓRIO PRODUTORA | Kintop |  Portugal

Elsa Sertorio é a produtora executiva da Kintop. A KINTOP nasceu como uma Associação Cultural sem fins lucrativos, com o objetivo de produzir filmes e documentários criativos, com uma filosofia própria seguindo um espírito de produção quase artesanal. A equipa é composta por Ansgar Schaefer, Elsa Sertório, Rui Ribeiro e Susana de Sousa Dias. Nos últimos anos, Kintop produziu, cuidadosamente, projetos multimídia e instalações, alguns dos quais já exibidos em diversos festivais internacionais de grande prestígio. As últimas produções da Kintop, “Sobre TUDO Sobre NADA”, de Dídio Pestana, tiveram estreia mundial no Festival de Locarno 2018, no concurso “Sinais de Vida”; e “Fordlandia Malaise”, de Susana de Sousa Dias, estreada mundial na Berlinale 2019 - Fórum Expandido.

 

Elsa Sertorio is the executive producer of Kintop. KINTOP started as a non-profit Cultural Association,seeking to produce films and creative documentaries, with an in-house philosophy following an almost artisanal production spirit. The team is composed by Ansgar Schaefer, Elsa Sertório, Rui Ribeiro and Susana de Sousa Dias. Over the last few years, Kintop has produced, carefully multimedia projects, and installations, some of which have been shown at several highly prestigious international festivals. Kintop’s latest productions, “SOBRE TUDO SOBRE NADA”, by Dídio Pestana, had its world première at the 2018 Locarno Festival, in the “Signs of Life” competition; and “Fordlandia Malaise”, by Susana de Sousa Dias, world premiered at Berlinale 2019 – Forum Expanded.

JOELMA OLIVEIRA GONZAGA PRODUTORA | Laranjeiras Filmes | Brazil

Joelma Gonzaga é Produtora Executiva com 10 anos de experiência no setor audiovisual. Já colaborou como produtora executiva e consultora de produtoras como Paranoid Filmes, Bananeira Filmes, Coqueirão Filmes, Esquina Filmes, Preta Portê Filmes, entre outras. No documentário, seu projeto de destaque foi o longa “Cinema Novo” (2016), de Eryk Rocha, vencedor do prêmio L'Oeil D'Or no Festival de Cannes e “Todos os Paulos do Mundo” (2017), de Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira, indicados ao melhor documentário no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Na ficção, sua última produção executiva, filmada em 2019, foi o longa-metragem de Jeferson De “Prisioneiro da Liberdade” em fase de pós-produção. Neste mesmo ano, o longa-metragem de Eryk Rocha “Brief Miragem de Sol”, co-produzido com Argentina e França, no qual assina produção executiva, foi lançado em diversos festivais pelo mundo. Cursou Arte com ênfase em Cinema na Universidade Federal da Bahia - UFBA e Roteiro na EICTV - Escuela de Cine y TV de San Antonio de Los Baños - Cuba.

Joelma Gonzaga is executive Producer with 10 years of experience in the audiovisual sector. She has collaborated as an executive producer and consulting with production houses like Paranoid Filmes, Bananeira Filmes, Coqueirão Filmes, Esquina Filmes, Preta Portê Filmes, among others. In documentary films, her most prominent project was the feature “Cinema Novo” (2016), by Eryk Rocha, winner of the L’Oeil D’Or prize at the Cannes Film Festival and “Todos os Paulos do Mundo” (2017), by Gustavo Ribeiro and Rodrigo de Oliveira, nominated for the best documentary at the Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. In fiction, her last executive production, filmed in 2019, was Jeferson De’s feature film “Prisioneiro da Liberdade” in post-production phase. Still, this year, Eryk Rocha’s feature film “Breve Miragem de Sol”, co-produced with Argentina and France, in which he signs executive production, has been released in several festivals worldwide. She studied Art with emphasis in Cinema in Federal University of Bahia - UFBA and Screenwriting at EICTV - Escuela de Cine Y TV of San Antonio de Los Baños - Cuba.

MATHEUS MELLO PRODUTOR | La Selva | Spain

Matheus Mello (Brasil, 1986) é o produtor executivo brasileiro radicado em Barcelona, ​​Espanha. Formado em Relações Internacionais, tem especialização em Produção Cinematográfica pela Escola Internacional de Cinema e TV de San Antonio de los Baños - EICTV, Cuba. Desde então, já produziu festivais de cinema e laboratórios no Brasil, Cuba e Espanha. Nos últimos anos esteve presente nos seguintes mercados e laboratórios de documentário com seus projetos em desenvolvimento: Nuevas Miradas 11, DocMontevideo 2018, IDFAcademy 2018, Miradasdoc Afrolatam 2019, Filma Afro 2019, DocLab e Market from DocSP 2019, Impact Lab GoodPitch / DocSociety 2019, Cluster Audiovisual Galego 2019, DocStation Berlinale Talents 2020. Em 2019 coproduziu 50 curtas-metragens de diferentes realizadores de mais de 26 nacionalidades no âmbito do programa de criação com a realizadora argentina Lucrecia Martel. Atualmente está em pós-produção “Fenômenos de Marte”, longa-metragem resultante do workshop com Lucrecia Martel, e a edição 2021 da Aceleradora Cinematográfica que será realizada na Amazônia colombiana com o diretor alemão Werner Herzog.

 

From La Selva. Ecosistema Creatiu Matheus Mello (Brazil, 1986) is executive producer. Brazilian based in Barcelona, Spain. Graduated in International Relations, he is specialized in Film Production by the International Film and TV School of San Antonio de los Baños — EICTV, Cuba. Since then, he has produced film festivals and laboratories in Brazil, Cuba and Spain. In recent years he had a presence in the following markets and documentary laboratories with his projects under development: Nuevas Miradas 11, DocMontevideo 2018, IDFAcademy 2018, Miradasdoc Afrolatam 2019, Filma Afro 2019, DocLab and Market from DocSP 2019, Impact Lab GoodPitch/DocSociety 2019, Galician Audiovisual Cluster 2019, DocStation Berlinale Talents 2020. In 2019 it co- produced 50 short films from different directors of more than 26 nationalities within the creation program with argentine director Lucrecia Martel. Currently “Phenomena of Mars”, a feature film resulting from the workshop with Lucrecia Martel is in post-production, and the 2020 edition of The Cinematographic Accelerator will be held in the Colombian Amazon with the German director Werner Herzog.

Mulher Makonde 1.jpeg

PRODUTORAS

logos_produtoras.png